Quem somos

Festival Mundial de Circo

Primeiro e o maior do gênero no país, o Festival Mundial de Circo garantiu destaque na agenda dos grandes festivais de artes cênicas de Belo Horizonte já em sua primeira edição, em setembro de 2001. Recebeu o prêmio “Gentileza Urbana”, concedido pelo IAB/MG (Instituto dos arquitetos do Brasil) e ao longo de sua trajetória obteve apoio e chancela de órgãos e instituições importantes como a UNESCO, Ministério da Cultura, FUNARTE, Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, entre outros.

 

O Festival Mundial de Circo completa dez anos de atividades em 2010. Em cinco edições bienais – 2001, 2003, 2005, 2007 e 2009 e ainda em quatro edições especiais realizadas em 2002, 2004, 2006 e 2008, o festival contou com a participação de escolas, pesquisadores, artistas e grupos de diversos países e de todas as partes do Brasil.

 

Ao longo da sua história o Festival Mundial de Circo sofreu uma radical mudança de seus objetivos, subvertendo a conceito de evento cultural para assumir-se como atividade meio, que contribui efetivamente para a difusão e formação de público para o circo, para a preservação da memória das artes circenses e para a formação e o aperfeiçoamento de artistas e grupos da área. São ações de caráter contínuo que foram geradas como desdobramento do Festival e que buscam estabelecer interfaces de atuação junto a órgãos municipais, estaduais, federais, ONG’s, empresas privadas e a comunidade, trabalhando de maneira propositiva no sentido de criar projetos de longo prazo para o desenvolvimento do circo em Minas Gerais e no Brasil. Nesse sentido, o Festival Mundial de Circo atua em duas frentes de trabalho:

 

Edições Bienais (2001 – 2003 – 2005 – 2007 – 2009): conferem ao Festival o caráter de evento de grande visibilidade, oferecendo à cidade um vasto leque de atividades como espetáculos, oficinas, palestras, seminários, mostra de filmes, exposições, lançamentos de livros entre outras. Têm como principais objetivos a divulgação das artes circenses, a formação de novas platéias, o estímulo à produção circense nacional e o intercâmbio com produções internacionais.

 

Ações Contínuas: Ações que conferem ao Festival Mundial de Circo um caráter de permanência, investindo em atividades que buscam deixar um residual nas comunidades onde atua. Este formato tornou-se fundamental para o Festival, pois conjuga atividades de caráter distinto, porém complementares. Podemos destacar alguns projetos:

1) Circulação do Festival no interior de Minas Gerais;

2) Projeto “Hoje é Dia de Circo” que consiste na realização de uma série de atividades circenses em escolas e praças de bairros periféricos de Belo Horizonte e cidades da Região Metropolitana;

3) Criação do CIRC – Centro Internacional de Referência do Circo: propõe investir em pesquisa e aperfeiçoamento, intercâmbio e qualificação profissional de artistas circenses de Minas Gerais e de todo o país;

4) Publicação do livro “O Circo no Risco da Arte”: Iniciativa do Festival Mundial de Circo em parceria com a “Editora Autêntica”, o livro é uma rica contribuição para a pesquisa sobre a produção circense contemporânea;

5) Oficinas de reciclagem para profissionais: em parceria com Escolas e grupos de circo, o Festival Mundial de Circo realiza desde 2002, em períodos distintos ao evento, aulas-espetáculo, oficinas e workshops para profissionais da área.

Ao longo dos anos, um público estimado de 300 mil pessoas presenciou as 267 apresentações de espetáculos, 52 apresentações de números na Mostra de Números Circenses, 29 workshops para profissionais, 9 oficinas para iniciantes, 14 debates com diversos representantes do circo nacional e internacional, 12 lançamentos de livros sobre a arte circense, além de outras atividades. O Festival Mundial de Circo acolheu em solo brasileiro grandes nomes do circo mundial, descobrindo artistas e grupos de países como: Argentina, Uruguai, Austrália, Canadá, Estados Unidos, China, Quênia, Ghana, Rússia, França, Portugal, Inglaterra, Itália, Bélgica, Espanha e Cuba, e evidentemente de todas as partes do Brasil.

Informações complementares sobre as edições anteriores e as ações contínuas realizadas pelo festival estão disponíveis no site: www.festivalmundialdecirco.com.br

Algumas fotos:

FESTIVAL MUNDIAL DE CIRCO DO BRASIL

Edição 2006 -Circulação – Circo Zanni

IMG_4598

 

DSC_2859

mundialdecirco-30

5° Festival Mundial de Circo – CNAC

 

mundialdecirco-359

mundialdecirco-1003

5° Festival Mundial de Circo – Espetáculo de Variedades

6 Respostas para “Quem somos

  1. ola gostaria de montar uma escola de artes circenses em Portugal e gostaria de ter o vosso apoio…

  2. Buenos días.

    Me llamo Denise Relvas y soy la responsable del proyecto VIV´ARTE OUTSIDER´S. Este proyecto pretende hacer un intercambio de artistas estudiantes de artes escénicas de países como: Argentina, Brasil, Chile, Inglaterra, Francia, Italia, Reino Unido y Rusia. El objetivo es ofrecer un periodo de prácticas de 4 meses en la COMPANHIA DE TEATRO VIV’ARTE- LABORATÓRIO DE RECREAÇÃO HISTÓRICA, situada en el Distrito de Aveiro, Portugal.

    Viv’ arte es una compañía teatral especializada en recreaciones históricas, donde realizamos por toda Europa, torneos, batallas, cenas, ferias y mercados históricos, en la cual trabajamos con artistas de diversos recursos y diferentes procedencias.
    La compañía Viv’ arte nació en 1988. Su fundador es el actual director Mario da Costa, un profesional con vasta experiencia donde en las últimas décadas ha estado realizando trabajos artísticos de excelencia tanto dentro como fuera del país. La peculiaridad de su trabajo dramatúrgico consiste en la fusión entre el teatro y recreación histórica afiliadas a un concepto de teatro de calle, hecho de momentos aparentemente dispersos en el espacio y tiempo, y actúa sobre ellos. Un espacio de interacción constante entre artistas y público.

    La feria es nuestro laboratorio de experimentación. Y es donde intentamos tener este teatro en vivo que también es historia viva. La pieza que representamos es la feria, siendo conscientes de que apenas dominamos una pequeña parte de su desarrollo, puesto que el público es una parte integrante, tenemos la improvisación como condición necesaria en la acción.

    Tenemos el privilegio y el honor de participar en más del 80% de los eventos históricos en Portugal (Continente e Islas) y de, regularmente, participar también en recreaciones de España, Francia e Italia.

    El concurso de VIV’ARTE OUTSIDERS pretende contratar (en régimen de prácticas) a 8 artistas de artes escénicas, especializados(as) en:

    -Técnicas de manipulación
    -Mimos
    -Pirofagia
    -Fuerzas combinadas
    -Acrobacias aéreas
    -Sufis
    -Caracterizadores/Máscaras

    *Solo será elegible la candidatura de artistas con aptitudes en una o más de las áreas antes citadas.

    Será escogido un artista representante de cada país, para esto nos pondremos en contacto con las escuelas para que presenten como candidatos a algunos de sus mejores alumnos, que serán valorados por nuestro jurado aquí en Portugal a través de su currículum, portafolio y
    una muestra de video.

    Para esto precisamos de vuestra colaboración. Estamos reuniendo información sobre las Escuelas Circenses y de Artes Escénicas de los países elegibles al proyecto, debido a que la mayor parte de la información que disponemos es la que se encuentra accesible en internet, y consideramos necesario tener información más fidedigna sobre la calidad de formación de estas escuelas, ya que pretendemos artistas cualificados para las prácticas.

    Visto que vuestra organización compone una red social de artistas de vuestro país, quedaríamos inmensamente gratificados si nos pudieseis indicar escuelas de artes circenses e dramatúrgicas, para poder continuar con la próxima etapa de nuestro concurso.

    Será financiado por nuestra compañía:

    -Costo de desplazamiento (Pasaje aéreo hacia Portugal)
    -Alimentación
    -Alojamiento
    -Subsidio de prácticas / Ayuda de pago

    Aguardo una respuesta.

    Saludos cordiales.

    Denise Relvas

  3. SENHORES,

    BOM DIA!

    SOMOS UMA ESCOLA SEM FINS LUCRATIVOS, LOCALIZADA NO BAIRRO DO TATUAPÉ – SP E ATENDEMOS CRIANÇAS DE 2 A 14 ANOS, INCLUSIVE COM NECESSIDADES ESPECIAIS.
    ESTAMOS PROCURANDO UMA PARCERIA PARA DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES CIRCENSES EM NOSSA ESCOLA.
    VOCÊS REALIZAM ESSAS ATIVIDADES OU PODEM NOS INDICAR ALGUM PROFISSIONAL?

    OBRIGADO,

    PROF. MAURICIO
    COLÉGIO SÃO JOSÉ DO MARANHÃO
    (11) 22943428 OU 7120-1728

  4. Olá! gostaria de ter uma sujestao de voces, de como eu poderia juntar tres temas distintos, como: arquitetura, circo e crinca! desde ja agradeco!

  5. association palhaço

    buenos dias,
    somos una association escuela de circo en guyana francesa y estamos buscando un professor(a) de circo, de preferencia con tecnicas de aereo (tecido ou trrapezio) .

    Gracias por hacer passar las informationes.

    Negao.
    Asso.palhaco@hotmail.fr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s